Ouça ao vivo
no ar
O Grande Jornal
Com Cicero Dantas, Marcio Barney e Eriston Nunes

Vacina russa contra covid-19 produziu anticorpos em teste inicial

Estudo publicado na revista The Lancet indica que 100% dos pacientes desenvolveram defesa para o novo coronavírus sem efeito colateral grave
Vacina russa contra covid-19 produziu anticorpos em teste inicial
04 SET 2020
09:56

A vacina russa "Sputnik-5" contra a covid-19 produziu resposta de anticorpos em todos os participantes de testes em fase inicial, de acordo com resultados publicados nesta sexta-feira (4) pela revista científica The Lancet.

Os resultados foram interpretados por Moscou como uma resposta aos críticos.


Os resultados de dois testes, conduzidos entre junho e julho deste ano envolvendo 76 participantes, mostraram que 100% dos pacientes desenvolveram anticorpos para o novo coronavírus sem nenhum efeito colateral grave, disse a publicação.

Veja também
Casos de covid estão se estabilizando no Brasil e nos EUA, diz diretora da Opas
Vacinação de grupos de risco na Rússia começará no fim do ano
Vacina da covid-19: o 'jogo sujo' e os atalhos na corrida para criar fórmula
Covid-19: Brasil tem 124.614 mortes e 4.041.638 casos da doença
A Rússia licenciou a vacina de duas doses para uso doméstico em agosto. Foi o primeiro país a fazer isso e o fez antes de quaisquer dados sobre os testes serem divulgados ou do início de testes em larga escala.

"Os dois testes de 42 dias -- incluindo 38 adultos saudáveis cada -- não encontraram nenhum efeito adverso grave entre os participantes, e confirmaram que a candidata a vacina gerou reposta de anticorpos", disse a The Lancet.

"Testes mais amplos e de longo prazo, incluindo uma comparação com placebo, e mais monitoramento são necessários para estabelecer a segurança de longo prazo da vacina na prevenção da infecção pela covid-19", disse a publicação.

Copyright © Thomson Reuters.


Comentários Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.