Ouça ao vivo
no ar
NA GARUPA
Com SISSA SANTIAGO

Juros do cartão em fevereiro recuam após quatro altas seguidas

Em média, bancos cobraram 326,7% ao ano no mês passado no rotativo, fazendo com que dívida cresça 4 vezes em 12 meses
 Juros do cartão em fevereiro recuam após quatro altas seguidas
29 MAR 2021
11:25

A taxa de juros do cartão de crédito teve leve recuo em fevereiro após quatro altas seguidas, chegando a 326,7% ao ano no mês. Por outro lado, a taxa do cheque especial acelerou, pelo quarto mês consecutivo, e custava 124,9% ao ano no mesmo período. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (29) pelo Banco Central.

Esses percentuais são as médias de juros cobrados pelos bancos dos clientes que tomam dinheiro emprestado nas duas modalidades, as mais caras do mercado.

Já no caso do cheque especial, a mesma dívida de R$ 1.000 vai saltar para R$ 2.249 dentro de um ano. Ou seja, o débito vai mais do que dobrar.

Opção mais em conta
O crédito consignado, aquele que tem desconto na folha de pagamento do funcionário, é uma das linhas de empréstimo mais baratas do mercado e se apresenta como alternativa para o cheque especial e o cartão de crédito.

A taxa de juros nessa linha de crédito praticamente se manteve estável, na média, baixando de 18,9% para 18,8% ao ano na passagem de janeiro para fevereiro. É a melhor opção para quem precisa de dinheiro emprestado.

No mesmo exemplo da dívida hipotética de R$ 1.000, se feita no crédito consignado, passaria a custar R$ 1.188 depois de um ano.

Todas perderam ritmo no mês passado e, portanto, continuam sendo as melhores alternativas para quem precisa de dinheiro emprestado.


Comentários Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.