Ouça ao vivo
no ar
A Voz do Brasil
Com Brasil

Estamos preparados para pagar o auxílio, diz presidente da Caixa

Pedro Guimarães informou que o calendário já está pronto, mas só poderá anunciar após validação do presidente Jair Bolsonaro
 Estamos preparados para pagar o auxílio, diz presidente da Caixa
18 MAR 2021
16:40

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, afirmou nesta quinta-feira (18) que o banco está preparado para começar o pagamento do auxílio emergencial. Ele informou que o calendário já está pronto, mas só poderá anunciar após validação do presidente Jair Bolsonaro, que entregará hoje as MPs que liberam a nova rodada do auxílio ao Congresso Nacional.

Leia também: Bolsa Família começa a receber auxílio emergencial em 16 de abril


"Do ponto de vista técnico, estamos preparados desde 2020, fazendo esse equilíbrio entre o pagamento nas agências e no digital, tendo como objetivo básico ajudar as pessoas a receber os recursos e evitar aglomeração", afirmou Guimarães, em coletiva sobre os resultados de 2020 do banco. 

A operação para pagamento das parcelas do auxílio seguirá o modelo utilizado em 2020. Ao todo serão beneficiados 45,6 milhõs de pessoas. Os integrantes do Bolsa Família serão contemplados com o benefício conforme o calendário habitual do programa, enquanto os demais receberão na conta poupança digital, que pode ser movimentada por meio do aplicativo Caixa Temr. 

O auxílio emergencial 2021 será limitado a uma pessoa por família em média em quatro parcelas de R$ 250, sendo que mulher chefe de família terá direito a R$ 375, enquanto o indivíduo que mora sozinho – família unipessoal – receberá R$ 150.


Para o pagamento em 5.570 cidades do Brasil, a Caixa já havia anunciado a ampliação do número de empregados e terceirizados para fortalecer a rede de atendimento do banco. São 7.704 postos em contratação, sendo 2.766 empregados, 1.162 estagiários, 2.320 vigilantes e 1.456 recepcionistas. Já está em curso a contratação de 566 empregados com foco no Norte e Nordeste em razão da abertura de novas unidades do banco, além de 87 técnicos em Tecnologia da Informação (TI) a serem lotados no Distrito Federal.

 

O presidente Jair Bolsonaro assinou duas MPs (Medida Provisória) que abrem caminho para o pagamento da nova rodada do auxílio emergencial, benefício para famílias que perderam renda durante a pandemia do novo coronavírus. Os textos serão publicados em edição extra do Diário Oficial da União desta quinta-feira (18).

Bolsonaro apresentará as medidas ao Congresso Nacional pessoalmente e a previsão é de que ele vá às 17h, de acordo com a Secom (Secretaria de Comunicação) da Presidência, o que seria simbólico para compartilhar com deputados e senadores a paternidade do retorno do benefício.


Comentários Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.