Ouça ao vivo
no ar
Super Hits
Com Ecles Henrique

Ensino profissionalizante deve ser ampliado depois da pandemia no Brasil

Apenas 8% dos estudantes do país estão matriculados em cursos técnicos; o MEC vai divulgar no dia 23 de setembro um pacote de medidas para incentivar a formação
Ensino profissionalizante deve ser ampliado depois da pandemia no Brasil
14 SET 2021
09:10

Ensino profissionalizante no Brasil deve ser ampliado depois da pandemia, mas atração de alunos ainda é desafio. De acordo com o governo federal, apenas 8% dos estudantes do país estão matriculados em cursos técnicos.

Na União Europeia, por exemplo, o número chega a 46%. Em debate na Câmara dos Deputados, o representante da Secretaria de Educação Profissional do Ministério da Educação (MEC), Tomás Santana, alertou para falta de mão de obra. “Eu acho que a discussão está acontecendo em um momento extremamente oportuno e importante para o nosso país.

Em função da pandemia, nós vemos as notícias de que haverá um apagão de profissionais em diversas áreas na retomada da economia.

Então há necessidade de agirmos rapidamente e com ações que permitam essa capacitação e esse trabalho com os nossos jovens”, diz o representante do ministério.

Tomás Santana informa que o MEC vai divulgar no dia 23 de setembro um pacote de medidas para incentivar os cursos profissionalizantes.


Comentários Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.