Ouça ao vivo
no ar
NA GARUPA
Com SISSA SANTIAGO

Dia da Água: projeto idealizado pela Suzano recupera nascentes do rio Mucuri

Realizado juntamente com outros parceiros, o Nascentes do Mucuri já acumula mais de 400 nascentes em recuperação
Dia da Água: projeto idealizado pela Suzano recupera nascentes do rio Mucuri
22 MAR 2021
15:47

No dia 22 de março, data em que é comemorado o Dia Mundial da Água, a Suzano celebra os resultados do Projeto Nascentes do Mucuri, iniciativa da Companhia em parceria com multilideranças do setor privado, ONGs, órgãos de governo e pessoas físicas. Ao todo, mais de 400 nascentes já foram protegidas e o projeto segue adiante com foco na recuperação e preservação da Bacia do Rio Mucuri, com o intuito de recuperar e estimular a preservação de 2.500 nascentes.

 

O projeto atende um total de 49 comunidades rurais e já diagnosticou cerca de 1.500 propriedades nas regiões de Malacacheta, Poté, Ladainha e Teófilo Otoni (MG). Mais de 340 famílias são parceiras do programa, que visa não só auxiliar na regularização da vazão dos cursos d’água, mas também melhorar a qualidade e disponibilidade hídrica para as mais de 400 mil pessoas que residem ao longo do rio. O Mucuri nasce no nordeste de Minas Gerais e deságua no sul da Bahia, sendo responsável pelo abastecimento de municípios da Bahia e Minas Gerais.

 

Desde sua criação, o Projeto Nascentes do Mucuri já incentivou o plantio de mais de 30 mil mudas, contando com a participação de mais de 10 instituições de ensino e milhares de jovens estudantes de Mucuri (BA) e região. Também ofereceu mais de 340 assistências técnicas às famílias parceiras e realizou quase 80 capacitações rurais, tanto em coletivos quanto em grupos de afinidade. Juntas, essas ações alcançaram mais de 1000 pessoas, que foram capacitadas nos mais diversos temas relacionados à produção rural.

 

“Essa troca de saberes e vivências entre a equipe e as famílias rurais participantes do projeto empodera os agricultores, conserva não só o rio Mucuri, mas também as propriedades, além de melhorar a segurança alimentar e gerar renda para os produtores”, afirma Meire Mateus de Lima, coordenadora de projetos da Casa da Floresta, empresa parceira da Suzano na iniciativa.

 

A proteção não é apenas das nascentes do rio, mas das várias histórias que se desenvolvem ao longo do seu curso, como a de Wilson Teixeira Moreira, produtor da Comunidade Lagoinha, localizada em Malacacheta (MG). “O projeto realmente resolveu e vai resolver muito mais. Vamos ter água! Só não agradece quem não compreende porque sem água ninguém vive e nós precisamos dessa natureza junto conosco. Foi um belo trabalho feito pelo projeto”, celebra.

 

Em função da pandemia, a programação foi remodelada, mas o Nascentes do Mucuri segue realizando suas atividades de preservação do rio, seguindo protocolos de segurança e priorizando as ações que demandam menos contato físico com as famílias beneficiadas pelo projeto.

 

“A Suzano almeja um futuro mais sustentável e o projeto Nascentes do Mucuri está alinhado às metas de longo prazo da companhia, deixando a conscientização de preservação como um legado para a cultura da região. Buscamos incentivar o movimento de regeneração, oxigenação e renovação do planeta para construir um futuro positivo para todos. Acreditamos que cada nascente renova a vida”, ressalta Yugo Matsuda, gerente de Sustentabilidade da Suzano.

 

A iniciativa de literalmente plantar o futuro também está alinhada ao propósito da Suzano: renovar a vida a partir da árvore. O Gerente executivo da Unidade Mucuri, Heverton Dias, reforça a importância do Nascentes: “Acreditamos na relevância do projeto para a nossa empresa e para a região. Trata-se de mais uma iniciativa da companhia que coloca em prática os nossos direcionadores de que só é bom para nós, se for bom para o mundo e o de atuar de forma sustentável, sempre.” 

 

Você também pode fazer parte desse movimento! Para saber como, acesse https://www.nascentesdomucuri.com.br/  e siga o projeto nas redes sociais: Nascentes do Mucuri, no Facebook, e @nascentesdomucuri no Instagram.

 


Comentários Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.