Ouça ao vivo
no ar
O Grande Jornal
Com Cicero Dantas, Marcio Barney e Eriston Nunes

Cerca de 1,6 mi voltam a procurar emprego na 2ª semana de agosto

Cerca de 1,6 mi voltam a procurar emprego na 2ª semana de agosto
Cerca de 1,6 mi voltam a procurar emprego na 2ª semana de agosto
04 SET 2020
09:53

Cerca de 1,6 milhão de brasileiros voltaram a procurar emprego na segunda semana de agosto (de 9 a 15), segundo a Pnad Covid19 (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - PNAD COVID19), divulgada nesta sexta-feira (4) pelo IBGE (Instituto Nacional de Geografia e Estatística). 

O IBGE afirma que parte deste contingente conseguiu se ocupar, mas a restante foi para a desocupação. Esse número vem da queda no número de pessoas que gostariam de trabalhar, mas não procuraram emprego no período — dado passou de 28,1 milhões para 27,1 milhões.


Publicidade
Também houve redução de 18,3 milhões para 17,7 milhões o grupo de pessoas que gostaria de trabalhar, mas não procurou devido à pandemia ou por falta de trabalho no local onde vive.

A coordenadora da pesquisa, Maria Lúcia Vieira, afirma que houve um aumento na população ocupada e na desocupada. 

“Embora pouco significativo, tivemos um leve aumento da população ocupada (82,1 milhões) e da desocupada (12,9 milhões), e uma discreta diminuição da população fora da força de trabalho (75,4 milhões). Isso sugere, como já tínhamos observado na semana passada, uma leve retomada das atividades econômicas e da recuperação do emprego”, afirma. 

Trabalho remoto
Na segunda semana de agosto, a população ocupada e não afastada do trabalho foi estimada em 75,1 milhões, valor estável em relação a semana anterior, e, destes, 8,3 milhões estavam trabalhando de forma remota. 

Empresas aderem ao home office permanente e mudarão escritórios

Já o número de afastados do trabalho por causa da pandemia ficou em 4,3 milhões, número estável frente a semana anterior (4,7 milhões), mas com queda percentual, de 5,7% para 5,2%. 

Houve recuo numérico e percentual frente à semana de 3 a 9 de maio (16,6 milhões ou 19,8% dos ocupados).

Estudantes sem aulas
A pesquisa mostra que 7,6 milhões (16,6%) de estudantes não tiveram atividades escolares na segunda semana de agosto, contingente que caiu em comparação com a semana anterior, quando 8,2 milhões se encontravam nesta situação. 

Entre os 36,8 milhões de estudantes que tiveram atividades escolares na segunda semana de agosto, 24,3 milhões (66%) tiveram atividades em cinco dias da semana. Numericamente, esse contingente cresceu frente à semana anterior (22,6 milhões) embora a proporção (64,4%) tenha ficado estável.

Isolamento social
De acordo com a Pnad Covid19, 4,4 milhões de pessoas (2,1%) não tomaram medidas de isolamento para evitar a transmissão do coronavírus, número estável em relação a semana anterior. 

Em contrapartida, aumentou em 2,9 milhões o grupo de pessoas que reduziu o contato, mas continuou saindo de casa ou recebendo visitas (74,5 milhões). 40,9% ficaram em casa ou só saíram para necessidades básicas. 


Comentários Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.