Programa

PEGA LEVE

Locutor

CLÓVIS NETO (NETINHO)

A COR DO ANO DE 2018 É ULTRAVIOLETA

Ultra Violeta: A cor de 2018 segundo Pantone. Vem conhecer!

  1. Chega essa época do ano e todo que é ligado em tendências espera a divulgação da cor que promete ser a sensação do ano que está pra começar, e ontem (07/12/17) a Pantone anunciou a cor de 2018, vem conhecer a Ultra Violeta (18-3838)!


A cor Ultravioleta vem pra substituir o Greenery(se você não lembra dela > veja aqui <) que foi eleita a cor de 2017, e era um verde folhagem aberto e bem vibrante, dessa vez a Pantone anunciou o roxo escuro como aposta da vez! Não vai demorar muito pra gente começar a ver as vitrines cheias de roupas e acessórios nesse tom!


O que diz a Pantone:


“Complexa e contemplativa, Ultra Violet sugere o mistério dos cosmos, a vontade de saber o que está adiante e as descobertas além do que somos agora. O vasto e sem limites céu da noite é um simbolo do que é possível e continua a inspirar o desejo de conquistar um mundo além do nosso” 

Pantone se refere ao Ultra Violet como uma cor cheia de mística, relacionada a contracultura, força mental, artes e música. Cita ainda nones como PrinceDavid Bowie e Jimmy Hendrix como expoentes, mentes altamente criativas e que fizeram dessa cor sua marca.   



“A cor do ano vai muito além do que é tendência no “mundo do design” é o reflexo de tudo aquilo que o mundo necessita. ” – Laurie Pressman, Vice Presidente do Pantone Color Institute



Ultra Violet simboliza experimentação e não conformidade, estimulando os indivíduos a imaginar sua marca individual no mundo e indo além dos seus limites. – Diz o site oficial.


É isso gente, mais uma cor liiiinda pra gente usar e abusar no próximo ano. Ainda veremos muito mais da Ultravioleta por aí!

Comentários

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.